Lula afirma que Dona Marisa Letícia lhe sussurra: ‘Levanta a cabeça e vai para a luta!’

166
Ex-presidente Lula se emocionou em discurso (Foto: Arquivo / AFP)
- Publicidade -

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a mais de 12 anos de prisão e com sua nova candidatura ameaçada, disse neste sábado que a ex-primeira-dama Marisa Letícia lhe pede que siga lutando.

Lula falou no sábado à noite durante uma missa realizada em São Paulo em homenagem a Marisa, com quem foi casado por mais de 40 anos e que morreu há um ano, enquanto também era investigada no escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras.

Emocionado, o ex-presidente, que lidera as pesquisas de intenção de voto para as eleições de outubro, reiterou suas críticas ao sistema judicial brasileiro, onde enfrenta vários processos, e disse estar em paz e pronto para voltar a ocupar o Palácio do Planalto, em Brasília.

“Dona Marisa está dizendo agora no meu ouvido: ‘Levanta a cabeça e vai a luta! Porque o povo brasileiro vai vencer mais uma vez'”, disse, recebendo uma ovação no Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo.

Diante de parentes e amigos, Lula chorou durante o discurso, que teve um tom político.

“Não estou acima de ninguém, não estou acima da lei, sou uma pessoa que acredita que há que ter justiça neste pais, acredita que o poder Judiciário é uma instituição poderosa, inteligente extraordinária (…) Mas também nas instituições tem hoje gente que age mais como agente partidário do que como representante do Judiciário”, assinalou Lula.

Da redação do JBN com informações do Dia Online